Artigo de Fabio Jacques publicado no Jornal do Comércio

O artigo “Produtividade é uma questão de energia”, de autoria de Fabio Freitas Jacques, criador do modelo GAIA e diretor da FJacques – Gestão Através de Ideias Atratoras, foi publicado nesta quarta-feira, 21 de outubro, no Jornal do Comércio, de Porto Alegre (RS).

Artigo - Final

Confira o artigo na íntegra:


Produtividade é uma questão de energia

Segundo o ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial (2014/2015), o Brasil, 7ª economia do mundo, é o 57º em produtividade. Já paramos para pensar por que somos tão improdutivos? Ou ainda, será possível tornar nossas empresas mais produtivas?

A resposta é sim. Tudo o que é necessário para que uma empresa se torne altamente produtiva já se encontra dentro dela. Quase sempre, porém, em estado latente. O que é preciso é despertar a energia subjacente e provocar a necessária explosão para que a produção alcance índices satisfatórios e o lucro seja o esperado.

Uma empresa é um sistema, um conjunto de partes ou órgãos que devem operar como um todo, integradas, com um propósito definido. Chegar a esse ponto de sintonia vai depender do quanto realmente suas partes trabalham como um todo.

Como tudo o que acontece é ação de pessoas, é de suas ações que vai derivar o lucro. A pergunta é: por que alguém daria o máximo de si por uma organização que não é sua? A resposta? Não daria. A não ser que esteja energizado por seus objetivos.

Eletrizar pessoas em torno dos objetivos da empresa é uma questão de energia. Como não seguimos pessoas e sim ideias, a única solução para persuadir e entusiasmar uma equipe está na criação de uma Ideia Atratora. Uma ideia que energize todo o sistema, a ponto de unificar os objetivos dos funcionários com os da empresa.

Como inúmeros cases do mundo dos negócios comprovam, quando as pessoas se unem em busca de melhores resultados, sintonizadas com os interesses da empresa, o nível energético se mantém altíssimo e o resultado é um salto fantástico de produtividade e lucro.

Artigo de Fabio Jacques publicado no Jornal do Comércio
Classificado como:                        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *