Mais uma teoria sobre liderança?

Sergio Lessa de Gusmão Opa. Mais uma teoria sobre liderança!

CurtirMostrar mais reações

Este foi um dos comentários postados no meu artigo “A grande falácia da liderança nas empresas”, http://www.fjacques.com.br/grande-falacia-da-lideranca-nas-empresas/ sobre o qual gostaria de fazer algumas considerações.

A essência do artigo é a seguinte expressão: “As pessoas não seguem pessoas e sim ideias”. Isto não é uma nova teoria. É a simples constatação do que acontece na vida real.

O problema é que como a cada dia aparece, realmente, uma nova teoria sobre liderança, isto tem provocado muita confusão na cabeça dos empresários, principalmente por ser um aspecto crucial no contexto da gestão das empresas e das pessoas.

Que as pessoas seguem ideias não é absolutamente um conceito novo. Simplesmente quem estuda a liderança não tem se atentado para este fato.

Falar que as pessoas seguem ideias e que as empresas, a exemplo de todas as demais associações humanas de qualquer tipo, devam ter uma ideia central que monopolize a vontade de todas e que as faça darem o melhor de si pelo empreendimento, pode parecer estranho. Mas esta estranheza se deve simplesmente à falta de costume de racionar desta forma.

As pessoas discutem e até brigam por suas religiões, suas crenças, seus clubes de futebol, sua cerveja preferida, suas famílias e até mesmo por suas gangues, uma das associações humanas igualmente criada em torno de uma ideia. Muito dificilmente ver-se-á alguém discutindo ou brigando pela empresa em que trabalha. É muito mais fácil encontrar alguém se queixando da empresa, do trabalho e de seus superiores hierárquicos.

Se a frase bíblica fosse “Ganharás a partida de futebol do fim de semana com o suor de teu rosto” o futebol continuaria sendo uma coisa prazerosa enquanto que “Ganharás o pão com o suor de teu rosto” traz à mente um sentimento castigo inevitável. E o futebol de fim de semana nada mais nos dá do que cansaço e muitas vezes muita dor física. Mas sempre grande satisfação. O trabalho nos paga e não gostamos dele.

A maior parte das empresas não passa aos funcionários uma ideia cativante que os motive a trabalhar. E é aí que está a razão pela qual não os conseguem motivar.

Esta ideia cativante, que denominamos Ideia Atratora, abrange todos os aspectos que excitam a mente humana e faz as pessoas darem o melhor de si. Ideias Atratoras existem em todas as demais associações humanas caso contrário não seria possível aglutiná-las em torno de um mesmo objetivo.

Nisto não há nada de novo. É simplesmente o que acontece na vida real e que deveria acontecer nas empresas. Infelizmente acontece em muito poucas.

Mais uma teoria sobre liderança?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *