Dica de filme: Efeito Borboleta

Hoje vou indicar o filme Efeito Borboleta. No original, seu nome é The Butterfly Effect.

Este é um filme que retrata com grande maestria um dos pilares da Teoria do Caos: o Efeito Borboleta.

Na vida real, o Efeito Borboleta foi enunciado por Edward Lorenz, matemático e meteorologista americano quando foi surpreendido pela inconsistência nos resultados do modelo meteorológico que havia desenvolvido para rodar em um primitivo computador Royal McBee LPG 30. Lorenz resolveu repetir alguns resultados e em vez de utilizar os parâmetros iniciais, inseriu dados intermediários já calculados pelo computador. Para sua surpresa, após poucas interações os resultados começaram a divergir dos anteriormente calculados.

Primeiramente Lorenz pensou que o problema fosse com o Royal MCBee, mas depois de checar detalhadamente e verificar que o computador operava corretamente, teve o insight que provocaria a terceira grande revolução científica do século XX juntamente com a Relatividade e a Física Quântica, segundo Kerry Emanuel: A Teoria do Caos.

A causa da diferenciação nos resultados estava na quantidade de casas decimais usadas por Lorenz. O computador calculava com seis casas, mas os dados impressos tinham somente três. Esta diferença aparentemente desprezível mostrou-se suficiente para que os resultados se tornassem completamente díspares. A partir desta observação extremamente perspicaz, Lorenz enunciou a frase que se tornaria o mantra da Teoria do Caos:

No Brasil esta frase ficou conhecida por sua versão popular: “Uma borboleta bate asas em Pequim e provoca uma tempestade em Nova Iorque”.

O filme simula uma série de situações onde o personagem Evan Treborn estrelado por Ashton Kutcher possui a capacidade de voltar no tempo e fazer pequenas alterações nos fatos ocorridos na sua infância, provocando modificações extremamente significativas tanto na sua vida como na de todas as pessoas com quem convive.

O efeito borboleta é uma constante nas nossas vidas.

Qualquer pessoa que se perguntar: “porque estou exatamente aqui neste momento”, e retroagir mentalmente com certeza esbarrará em fatos aparentemente insignificantes os quais, provocando pequenas guinadas, alteraram completamente o curso de sua existência, resultando em mudanças fantásticas.

Treborn sabia o que estava fazendo. Nós não. Por isso é muito importante termos a consciência de que cada ação de nossa parte pode provocar mudanças inimagináveis tanto na nossa como na vida de outras pessoas. Portanto, muito cuidado com o que fazemos.

Bom filme.

Dica de filme: Efeito Borboleta
Classificado como:                    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.