As Ideias Atratoras nos campos de futebol

guaraniEm 1978, surgindo desconhecido do interior do estado de São Paulo, com uma equipe mediana, o Guarani de Campinas conquistou o Campeonato Brasileiro jogando contra as equipes da elite do futebol brasileiro da época.

Pulamos 37 anos no tempo. Em maio de 2015, apesar de cheio de esperanças, o Grêmio amargava um início de ano nada promissor. Comandado pelo quase mítico Luiz Felipe Scolari e com o time formado pelo máximo permitido pelo momento financeiro do clube, qual seria a solução?

Em uma atitude surpreendente, a diretoria do tricolor gaúcho não titubeou e substituiu o consagrado “Felipão” e colocou em seu lugar o ex-lateral direito Roger Machado, cujo currículo como treinador não era superior ao do próprio Felipão quando começou a treinar o mesmo Grêmio pela primeira vez, no final dos anos 1980.

roger

Pois com praticamente a mesma equipe, o clube porto alegrense passou a apresentar um futebol vistoso, coeso e solidário, acumulando vitória sobre vitória.

goaudaxMais um ano para frente. Neste mês de abril de 2016, o Audax, obscuro time de Osasco se classifica para a final do Brasileirão, conquistando este feito sobre o Corinthians paulista, atual campeão brasileiro.

Nenhum destes fatos se assemelha à batalha de Davi contra Golias, ou à luta de James Buster Douglas contra Mike Tyson. Davi acertou uma só pedrada e acabou com o gigante, enquanto Buster Douglas acertou um direto no queixo do então multicampeão e invencível Mike Tyson, nocauteando-o e se sagrando vencedor em uma luta na qual era o azarão disparado.

No caso desses times de futebol, o que se viu foi uma superação jogo a jogo durante dezenas de rodadas, e isto exclui, totalmente, qualquer fator de casualidade. Mas o que fizeram estes comandantes vitoriosos, seja Carlos Alberto Silva pelo Guarani de Campinas; Roger Machado pelo Grêmio ou Fernando Diniz Silva pelo Audax, para transformar equipes medianas em expoentes do futebol?

soccer

Nada se nota exteriormente, nenhuma grande contratação, poucos jogadores de primeira linha. É interessante lembrar que a folha de pagamento do Audax é um quinto da folha do Corinthians, ou seja, R$ 350.000,00 contra R$ 7.000.000,00. A única coisa que se nota é um belo futebol jogado com raça por todos os jogadores da equipe.

Com absoluta certeza, o segredo está escondido dentro do vestiário. É ali que, com uma conversa cativante, estes técnicos – também nenhum deles estrela de primeira grandeza de suas profissões – transmitiram uma Ideia que fez os jogadores se unirem e decidirem dar o melhor de si pelo próprio clube.

vestiario

Cada um deixou de pensar em si mesmo e juntos passaram a formar um bloco monolítico, como se fossem um só grande atleta formado por onze partes perfeitamente encaixáveis.

A Ideia vendida pelo professor – como são chamados pelos atletas os treinadores – os cativou completamente, aglutinou em uma só equipe e os tornou vencedores. Esta ideia, que provavelmente inclui o fato de que, quando o time ganha, quando o clube prospera, todos eles ganham também, conseguiu atrair a todos.

Este é, sem dúvida, um exemplo prático de uma Ideia Atratora nos campos de futebol. E ela funciona exatamente como a descrita no modelo GAIA, trazendo resultados expressivos e mudanças imediatas de produtividade apenas com o poder das ideias.

 

As Ideias Atratoras nos campos de futebol
Classificado como:                    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.